Verdes e liberais, os parceiros secundários, começam conversações na Alemanha

Sondagens indicam que a maioria dos alemães quer que o chanceler seja Scholz e que a coligação inclua SPD, Verdes e liberais. Aumenta pressão sobre Laschet para reconhecer a vitória de Scholz, Söder já o fez.

Foto
Olaf Scholz à chegada ao encontro da reunião do grupo parlamentar do SPD, que convidou Verdes e liberais para iniciar conversações HANNIBAL HANSCHKE/Reuters

Os Verdes e os liberais começaram esta terça-feira conversações para ver onde podem encontrar compromissos com o objectivo de depois se juntarem num governo. Este poderá ser liderado pelos sociais-democratas ou pelos democratas-cristãos, embora pareça cada vez mais provável o cenário “semáforo”, com o Partido Social Democrata (SPD), a liderar a coligação.