Ajax continua sem saber o que é perder

Neerlandeses, que figuram no grupo do Sporting, receberam e venceram esta terça-feira os turcos do Besiktas por 2-0, na segunda jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Shakhtar Donetsk e Inter de Milão empataram sem golos.

Foto
Sebastien Haller fez o segundo golo do Ajax EPA/MAURICE VAN STEEN

Esta terça-feira foi sinónimo de regresso da Liga dos Campeões e o Ajax, adversário do Sporting no grupo C, voltou a a vencer, desta vez o Besiktas por 2-0, na segunda jornada da fase de grupos da prova. Esta temporada, a formação de Erik ten Hag ainda não somou qualquer derrota.

As duas equipas vinham de dois contextos completamente distintos nos respectivos campeonatos. De um lado, desde os 5-1 em Alvalade na primeira jornada da Champions, os holandeses só sabem golear na Liga dos Países Baixos (vitórias de 9-0, 5-0 e 3-0); do outro, o Besiktas que vinha de uma derrota por 2-1 frente ao Altay.

A jogar em casa, o Ajax não tirou o pé do acelerador e só precisou de 17 minutos para se colocar em vantagem na partida. Dusan Tadic fez a assistência e Steven Berghuis carimbou o 1-0. Antes disso, o mesmo Berghuis e Antony já tinham deixado avisos. 

O único lance de verdadeiro perigo para o Besiktas já tinha acontecido aos 10 minutos, com Batshuayi a acertar em cheio no poste esquerdo da baliza de Destanoglu.

Mas mesmo antes do descanso, os neerlandeses ampliaram a vantagem. Aos 43 minutos, Sebastien Haller recebeu um cruzamento e fez o 2-0.

O lance ainda foi analisado pelo VAR por possível fora-de-jogo, mas acabou por ser validado e o Ajax foi para o intervalo a vencer por dois golos, mas podiam ter sido mais.

No segundo tempo, a formação dos Países Baixos continuou por cima do jogo, mas o resultado acabou por não sofrer alterações.

Com este triunfo, o Ajax continua sem perder no grupo C e segue líder com seis pontos. O Besiktas ainda não somou qualquer ponto nesta fase de grupos.

Shakhtar e Inter de Milão empatam

No outro jogo das 17h45, Shakhtar Donetsk e Inter de Milão empataram a zero, numa partida a contar para o grupo D.

Numa primeira parte sem golos, foi o Inter de Milão quem esteve sempre mais perto de chegar à vantagem, com Barella, aos 15 minutos, a acertar na barra da baliza defendida por Pyatov. 

Na segunda parte, foi Dodo quem poderia ter feito o 1-0 para o Shakhtar Donetsk, mas o lance acabou por ser cortado por um defesa da equipa italiana.

Já nos últimos minutos do encontro, o Inter de Milão levou muito perigo à baliza russa, primeiro por Joaquin Correa, depois por Stefan de Vrij, mas o resultado acabaria mesmo por ficar em 0-0.

Com este empate sem golos, Shakhtar Donetsk e Inter Milão somam o primeiro ponto e seguem nos últimos lugares do grupo D.