A Alemanha também muda

A Europa vai ter de esperar com paciência pelo regresso da Alemanha ao seu papel de liderança europeia e para saber em que termos exactamente esse regresso se fará.

Foto
Olaf Scholz, candidato a chanceler pelo SPD HANNIBAL HANSCHKE/Reuters

1. De tanto nos fixarmos no “empate técnico” entre os dois grandes partidos tradicionais, quase passou desapercebida uma real mudança na paisagem política alemã.