Ter muito tempo livre pode ser tão mau como ter muito pouco

De acordo com os resultados do estudo publicado no Journal of Personality and Social Psychology, o bem-estar de um indivíduo aumenta em correlação com o seu tempo livre, mas apenas até certo ponto.

Foto
Sébastien Jermer/Unsplash

Já teve um daqueles dias com cerca 645 coisas para fazer e não conseguiu parar nem um minuto? Como muitos de nós, Cassie Mogilner Holmes às vezes sente que vive esse dia sempre e também a professora, tal como tanta gente, sonha em trocar todos esses afazeres pelo dolce far niente numa ilha deserta.