As nossas crianças vão viver três vezes mais desastres climáticos do que os seus avós

Estudo na revista Science conclui que os bebés nascidos em 2020 podem ser forçados a enfrentar duas a sete vezes mais eventos climáticos extremos - incluindo ondas de calor, incêndios, secas, inundações e tempestades - do que alguém nascido em 1960.

Foto
REUTERS/Sergio Moraes

Adriana Bottino-Poage tem 6 anos de idade, com bochechas de querubim e caracóis que saltam quando ela ri. Gosta de futebol, arte e de visitar a biblioteca. Sonha em ser uma cientista e inventar um robô que consiga tirar a poluição do ar. Quer tornar-se o tipo de adulto que pode ajudar o mundo.