Regateiro Raízes de Família Branco 2015: um Arinto palpitante da Bairrada

É um branco seivoso e palpitante, daqueles que deixam a boca limpa e pedem segundo copo.

Foto

Os vinhos brancos fermentados ou apenas estagiados em barrica nova não estão muito na moda. A barrica nova, que sempre foi usada para os melhores vinhos, é agora malquista. Mas lá chegará o dia em que voltaremos a incensá-la. E vai chegar porque são demasiadas as evidências de que uma boa barrica nova, usada com critério, pode ser um plus na qualidade final de muitos vinhos. A condição é dar tempo ao vinho. Fermentar um vinho numa barrica nova e lançá-lo no mercado no ano seguinte pode ser mortal, uma vez que as notas fumadas da madeira ainda se sobrepõem a tudo. Dando-lhe tempo, a marca da madeira vai desaparecendo e o melhor do vinho, ampliado pela barrica, vem ao de cima.

Sugerir correcção
Comentar