Filipa Gomes: “O facto de não ter formação em cozinha aproxima muito o telespectador”

A cozinheira está de regresso ao pequeno ecrã com Os Cadernos da Filipa , onde reforça a sua visão daquilo que devem ser os programas de culinária próximos do público.

televisao,alimentacao,receita,culinaria,gastronomia,fugas,
Fotogaleria
Filipa Gomes estreou-se em 2013 no 24 Kitchen com o "Prato do Dia" DR
televisao,alimentacao,receita,culinaria,gastronomia,fugas,
Fotogaleria
É autora de dois livros de culinária, "Prato do Dia" e "Cozinha com Twist" DR

Há quatro anos que Filipa Gomes não fazia um programa de cozinha na televisão. Agora, está de regresso, ao 24 Kitchen, com Os Cadernos da Filipa, um programa mais próximo, com novas receitas (muitas inspiradas pela pandemia), no tom coloquial a que já habituou os telespectadores. No fundo, resume em conversa com o PÚBLICO, “é uma evolução natural” de tudo o que fez até agora e o reflexo daquilo que acredita ser a forma “de levar mais pessoas para a cozinha”.

Os Cadernos da Filipa têm 30 episódios, de três receitas cada um, com espaço para um bocadinho de tudo, desde uma tarte rústica de pêra e queijo azul, ao pão de cerveja preta, até ao brownie com marshmallow. “São receitas que faço muito em minha casa, receitas reais do meu dia-a-dia”, revela. No entanto, acrescenta, são “receitas que qualquer pessoa consegue fazer”. Além disso, não são ignorados temas como a sustentabilidade e o desperdício zero, e, por isso, podem esperar-se muitos pratos onde usar as sobras do dia anterior.

“Para mim esse é o grande objectivo, que as pessoas, em casa, cheguem à sua cozinha e consigam reproduzir as receitas que estou a partilhar com elas”, sublinha a cozinheira. O programa continua a ter a assinatura de Filipa Gomes em todos os detalhes, da decoração da cozinha ao estilo de realização, com planos mais apertados para aproximar quem está a ver. “Já não temos aquela sensação de que estou lá numa cozinha longe e as pessoas estão em casa, longe de mim”, justifica.

Foto
DR

É esse o segredo para o sucesso dos programas de cozinha do futuro, acredita: “Aquela forma antiga de fazer programas de culinária e sentir que a pessoa que está atrás da bancada é demasiado distante de nós, não leva a lado nenhum. Por muito que as receitas possam parecer interessantes, há aquela sensação de ‘se calhar, não consigo’.”

Qual é o segredo do sucesso?

À semelhança de outras caras do 24 Kitchen, como Cátia Goarmon e Joana Barrios, Filipa Gomes não é chef de cozinha e talvez seja esse o segredo seu sucesso, oito anos depois de se ter estreado no Prato do Dia, em 2013. “O facto de eu não ter formação em cozinha aproxima muito o telespectador”, reconhece. Todavia há outro detalhe que acredita ser um factor de distinção: “Ter um background de publicidade, trabalhar muito a estética, os conteúdos”. 

Filipa Gomes é não só a autora das receitas e apresentadora do programa, como também é ela quem escreve os guiões. A cozinheira agradece ao canal por, desde o início, dar-lhe a oportunidade de ser quem é, fazer as coisas à sua maneira e ter espaço para crescer. Durante a apresentação do novo programa à comunicação social, no início desta semana, em Lisboa, a directora de marketing da Walt Disney Company, agora responsável pelos canais Fox, Teresa Antas Rio, sublinha que “é com imenso prazer” que a empresa vê “a Filipa a crescer, a criar o espaço dela, sempre mantendo o seu estilo, constantemente a elevar a expectativa dos fãs”.

A estação dedicada à culinária foi lançada em 2011 e já produziu quase mil episódios integralmente gravados com produção nacional, de 12 programas, entre os quais se destacam o Comtradição de Henrique Sá Pessoa, Os Segredos da Tia Cátia com Cátia Goarmon, O da Joana com Joana Barrios e Doces do Ofício com Francisco Moreira.

Quanto aos Cadernos da Filipa há uma questão que se impõe: Filipa Gomes tem mesmo cadernos? “Tenho muitos, porque sou viciada em cadernos e estou sempre a apontar coisas em todo o lado. Não tenho um só caderno com receitas”, responde. É um cenário comum certamente a muitos portugueses, ter cadernos cheios de notas, com receitas apontadas, entre listas de supermercado, orçamentos e marcações de consultas e, por isso, achou que seria “um óptimo nome para o programa”, que pode ser visto de segunda a sexta-feira, às 15h e às 21h, no 24 Kitchen.