Um pássaro a inspirar um grande tinto

O chasco-preto, uma ave em vias de extinção, tem na quinta de Castelo Melhor uma área protegida, muito perto da vinha velha que dá origem ao O. Leucura, um grande tinto que exprime a natureza do lugar.

Foto

Para o comum dos mortais é o chasco-preto, para os ingleses o “port wine bird”, para os ornitólogos é Oenanthe Leucura. Abreviado, o nome latino é também o topo de gama da Duorum. Um tinto profundamente duriense nos aromas ou na textura, mas igualmente uma expressão da aposta ambiental da empresa que hoje é propriedade exclusiva de João Portugal Ramos. O chasco-preto, uma ave em vias de extinção, tem na quinta de Castelo Melhor uma área protegida, muito perto da vinha velha que dá origem ao O. Leucura. Felizmente, a sua população está a crescer.

Um grande vinho fica ainda mais nobre quando exprime a natureza de um lugar. Associar esse lugar à experiência sensorial que proporciona chega a ser emocionante. Se uma vinha moderna é sempre uma violação da ordem natural das coisas, a acção humana pode suprir esse dano com paixão, arte e saber. A quinta de Castelo Melhor é a todos esses títulos prodigiosa. Parece um jardim, onde João Perry Vidal age como curador. O O.Leucura é também assim.

Sendo uma criação que se deve em primeiro lugar a José Maria Soares Franco, que, entretanto, deixou a Duorum, os topos da gama da casa têm aquele recorte de sobriedade e contenção que é a marca deste grande enólogo. Revelam também uma fidelidade extrema à vinha que os gerou – uma prova das edições do O. Leucura entre 2008 e 2015 revela um padrão de aromas, estrutura e harmonia comum. São vinhos grandiosos porque se baseiam numa majestade austera.

Da série histórica, a edição de 2011 é imbatível, mas 2015 aproxima-se. Os seus aromas de frutos silvestres, arbustos do Douro, com uma nota de chocolate branco, são finos e elegantes. Na boca é um primor de harmonia, com uma estrutura firme mas polida e um potencial para a mesa e para a cave garantidos. Um grande tinto do Douro. Manuel Carvalho

O.Leucura 2015
Duorum, Vila Nova de Foz Côa
Graduação: 14%
Região: Douro
Preço: 140€ (estará em breve no mercado)
Pontuação: 95/100