A escola está bem ventilada? Regras da DGS não permitem avaliar

A covid-19 transmite-se por aerossóis, finas partículas que ficam a pairar no ar muito tempo. Por isso é importante uma boa ventilação. Mas os especialistas dizem que as recomendações que existem ficam aquém do que seria necessário.

Foto
Aulas curtas, de uma hora, seguidas de intervalo para arejar, evitam que haja tanta concentração de aerossóis no ar que podem ter vírus Rui Gaudencio/PÚBLICO/Arquivo

As recomendações da Direcção-Geral da Saúde (DGS) para o controlo da transmissão da covid-19 em meio escolar estabelecem os critérios suficientes para garantir a segurança, quando é cada vez mais claro que o coronavírus se transmite através de partículas tão pequenas que ficam a pairar no ar, como aerossóis? “As recomendações apontam para ventilar os espaços, ter portas e janelas abertas, mas sem medições que comprovem se a ventilação está a ser eficaz ou não”, diz Célia Alves, cientista da Universidade de Aveiro que faz investigação sobre aerossóis atmosféricos.