Uma semana com luz verde, a apontar para a mobilidade

A pé, de bicicleta, de trotinete, de transportes públicos… A Semana Europeia da Mobilidade decorre entre 16 e 22 de Setembro, com um pé na saúde e o outro na sustentabilidade.

Foto
Nuno Ferreira Santos

Com os primeiros passos dados em 2002, a Semana Europeia da Mobilidade nasceu com a missão de encorajar o desenvolvimento sustentável das cidades e sensibilizar os cidadãos para um modelo de vida urbana amigo do ambiente, aproveitando para sublinhar a oportunidade de redescoberta dos lugares e do seu património.

Este ano não é excepção. Em 85 municípios portugueses, e com coordenação da Agência Portuguesa do Ambiente, o lema da próxima semana é deixar o automóvel para trás e fazer os caminhos do quotidiano de forma mais saudável.

Inspirada na Mobilidade Sustentável: em Segurança e com Saúde, e com a resiliência de uma pandemia no caminho, a iniciativa decorre entre 16 e 22 de Setembro e alinha eventos para todos os gostos e idades, num mapa que pode ser consultado aqui. Eis algumas das coordenadas.

Em Vila Nova de Famalicão, há ensino, exposição e reparação de bicicletas, jogos didácticos de educação rodoviária e uma escola de instrumentos musicais. Paredes propõe uma caminhada nocturna, uma viagem de comboio até ao Porto com visita guiada às oficinas da CP e uma campanha de recolha de bicicletas usadas. Coimbra entra em passeios de comboio e de bicicleta, e no webinar Mobilidade Sustentável: Um Compromisso com o Futuro.

Enquanto Santarém e Tomar fazem caminhadas nocturnas pelo centro histórico, as Caldas da Rainha fazem a festa com quase tudo: entre exposições e test-drives de carros híbridos e eléctricos, ainda há tempo e espaço para jogos de rua, aulas de dança, animação com bicicletas gigantes, percursos pela Rota Bordaliana, caminhadas da lagoa e uma caixa de sugestões da mobilidade.

Lisboa promove passeios de lazer e apresenta Bike to Work, uma acção de promoção do uso da bicicleta enquanto meio de transporte para o trabalho. Em Loures, todos os caminhos apontam para o passeio intermunicipal de bicicleta, que liga os 18 concelhos da Área Metropolitana de Lisboa. A Amadora é um deles e é por lá que andam também eco-voltas de kart eléctrico, passeios mistério ou a conferência (Re)Pensar a Mobilidade InterUrbana.

Passando o Tejo, em Almada, há um ciclo-passeio, workshops, um Green Market e uma caminhada no Parque da Paz. Já o Seixal apela à mobilidade com percursos de barco, contos infantis, acções de formação e a visita ao Museu de Metrologia no Instituto Português da Qualidade e à Metro Transportes do Sul. Mértola dá conta de passeios a pé, BTT, testes de bicicletas e veículos eléctricos e uma Cãominhada, onde os animais de companhia são bem-vindos.

Em solo algarvio, Portimão convida para percursos nocturnos, passeios de barco solar no estuário do Arade, BTT Bike Race, feira, exposições de bicicletas e caminhadas à beira-mar. Silves tem Manhãs a Rolar no Skate Parque e na ciclovia do Parque da Cidade, corridas e passeios de bicicleta orientados. Acabamos em Faro, onde estão montados cursos de iniciação à bicicleta, recolha de equipamentos e acessórios, uma oficina móvel, acções de segurança rodoviária, passeios pelo património e cinema ao ar livre. 

A Semana Europeia da Mobilidade encerra a 22 de Setembro, data em que se assinala o Dia Europeu Sem Carros.