PS chumbou há meses proposta idêntica à que Costa anunciou para o IRS Jovem

IRS mais baixo para os jovens passa a existir nos primeiros cinco anos de trabalho. Isenção parcial começou a aplicar-se aos trabalhadores por conta de outrem que chegaram ao mercado laboral em 2020.

Foto
Incentivo aplica-se aos recém-trabalhadores que concluíram o ensino secundário ou o ensino superior Nuno Ferreira Santos

O PS chumbou, há menos de um ano, o alargamento do IRS Jovem de três para cinco anos, uma iniciativa do PSD idêntica à que António Costa anunciou no último congresso do PS como bandeira governamental.

Sugerir correcção
Ler 8 comentários