IndieLisboa: sim, isto anda tudo ligado

Um olhar para uma competição internacional onde o IndieLisboa mostra documentários e ficções híbridas, em busca de uma utopia que, se calhar, já está aqui mesmo ao lado.

Foto
The Inheritance de Ephraim Asili

A propósito de Summer of Soul, o magnífico documentário de Ahmir “Questlove” Thompson que fala do esquecido “Woodstock negro”, falávamos aqui na semana passada da “possibilidade de uma utopia”. Ao Ípsilon, a realizadora francesa Alice Diop fala do seu filme Nous como uma constatação de que a utopia de uma sociedade multicultural, de certo modo, já existe, hoje, nos subúrbios parisienses, sem que haja realmente consciência disso.