O pódio de Pichardo e o que ainda há para ver na jornada olímpica

Consagração do campeão olímpico português é hoje, numa manhã que terá ainda decisões em várias modalidades, do atletismo aos desportos colectivos

Foto
LUSA/JOSÉ COELHO

Pedro Pichardo sobe ao pódio às 10h47 para a consagração como campeão olímpico. O hino de Portugal vai ouvir-se pela primeira vez em Tóquio, pela quinta vez na história olímpica, depois de Pichardo ter confirmado esta madrugada o favoritismo no triplo salto com uma vitória categórica na final.

Tóquio representa desde já a melhor edição de sempre de uns Jogos Olímpicos para Portugal, a primeira vez com quatro medalhas. Duas delas no atletismo, também a única modalidade em que houve ouro português ao longo dos 125 anos de história das Olímpiadas modernas.

A conquista de Pichardo domina obviamente esta jornada olímpica, que de resto não terá mais portugueses em competição ao longo da manhã. Mas há muitas decisões para acompanhar nos Jogos Olímpicos. No atletismo, as finais começam às 8h30, com os 20km marcha masculinos. Logo à noite será a vez de João Vieira nos 50km marcha, a partir das 21h30, mas formalmente essa prova já faz parte da jornada olímpica de sexta-feira.

Depois da final da vara feminina (11h), decidem-se os 400m masculinos, que terão novo campeão, face à ausência do sul-africano Wayde Van Niekerk, que há cinco anos bateu o recorde do mundo para conquistar o ouro. Também terminam as provas combinadas. No heptatlo lidera a belga Nafissatou Thiam, campeã em título, seguida da compatriota Noor Vidts e da norte-americana Annie Kunz, quando falta apenas a prova de 800m (13h20). No decatlo, esta manhã ainda há o lançamento do dardo e a finalizar os 1.500m (13h40), quando segue na frente o canadiano Damian Warner, seguido do australiano Ashley Moloney e do também canadiano Pierce Lepage, com o francês Kevin Mayer, medalha de prata no Rio 2016, por agora em quarto lugar.

Esta quinta-feira também assinalou a estreia do karaté no programa olímpico e hoje haverá as primeiras finais da modalidade, em kata individual (11h50) e kumite, a vertente de combate mais tradicional, na categoria -67kg masculinos (12h40). Também será o dia da final masculina de escalada desportiva (13h10), outra modalidade estreante em Tóquio.  

Nos desportos colectivos, os Estados Unidos já reservaram lugar na final do torneio masculino de basquetebol com uma recuperação que terminou em vitória sobre a Austrália (97-78) e ficam à espera de adversário, que sairá da meia-final entre França e Eslovénia (12h00). No voleibol, o campeão Brasil falhou o acesso à final do torneio masculino, ao perder com a ROC por 3-1, enquanto a outra meia-final terá pela frente França e Argentina (13h). Hoje joga-se ainda a final do hóquei em campo masculino, entre Austrália e Bélgica (11h). E será atribuída a medalha de bronze no futebol feminino, no Austrália-Estados Unidos (9h). Suécia e Canadá decidem a final, marcada para amanhã.