Portugal e o Brasil têm uma conversa adiada

A língua continua a aproximar povos, a justificar renovados fluxos migratórios entre os dois países, mas está longe de o conseguir entre Estados. Com Bolsonaro no Planalto, Portugal e Brasil perderam-se na tradução

O potencial da língua portuguesa é um maná infindável, um excelente tema para discurso, que fica sempre bem num PowerPoint (desculpem a provocação do anglicismo). O português é a segunda língua mais falada no Facebook, a quinta mais utilizada no Twitter, e por aí fora. Mas é apenas isso: 260 milhões de pessoas que a usam consoante a versão em que a utilizam.