Reabre em São Paulo o museu onde cabe toda a língua portuguesa

Cerimónia oficial de reinauguração do Museu da Língua Portuguesa, parcialmente destruído por um incêndio em 2015, acontece este sábado. O espaço expositivo traz novidades e o terraço panorâmico fica baptizado com o nome do arquitecto Paulo Mendes da Rocha, que renovou e adaptou o edifício da Estação da Luz a museu, tendo ainda sido Pritzker em 2006, precisamente o ano em que o museu foi inaugurado.

Foto
Eduardo Knapp/Folhapress

Um terraço amplo, com vista para o centro de São Paulo, é uma das principais novidades do Museu da Língua Portuguesa, prestes a voltar à agenda cultural da capital paulista com a sua reabertura ao público este domingo (e inauguração oficial este sábado). Património histórico de São Paulo, o complexo da Estação da Luz, que engloba a estação ferroviária e o museu ficou parcialmente destruído pelo incêndio de 21 de Dezembro de 2015. Não foi a primeira vez. Quase 70 anos antes, em 1946, a estação tinha sido também destruída pelas chamas.