Um incendiário invulgar. Estudava o estado do tempo e usava um temporizador

Perfil dos incendiários está a diversificar-se. Homem detido no início da semana mostra que está na hora de inovar na investigação criminal dos incêndios florestais.

Foto
Suspeita-se que, mais do que ver as chamas ou a azáfama dos bombeiros, interessasse ao suspeito observar a aflição alheia Adriano Miranda

A Polícia Judiciária (PJ) começa a confrontar-se com incendiários mais sofisticados. Um dos últimos, detido esta semana, planearia de forma minuciosa a ignição, fabricando um engenho que lhe possibilitaria estar longe.

Sugerir correcção
Ler 43 comentários