Covid-19. Francisco Abecasis: “Crianças saudáveis com risco praticamente nulo de ter doença grave não devem ser vacinadas”

O pediatra e intensivista Francisco Abecasis que, em conjunto com outros médicos, se opõe à vacinação dos mais jovens, diz que os benefícios de administrar a vacina a crianças e jovens não superam os riscos.

Foto
Sendo os riscos um pouco maiores e os benefícios claramente menores, não faz muito sentido vacinar crianças e jovens, diz pediatra Rui Gaudencio

Francisco Abecasis é um dos relatores de uma carta que divulga a posição de mais de 30 médicos quanto à vacinação de crianças e jovens contra a covid-19: Portugal não deve administrar vacinas de forma universal nestas faixas etárias.