Alemanha recebeu alerta sobre as cheias, mas ninguém agiu

A pior catástrofe natural da Alemanha das últimas décadas poderia ter sido evitada. Cientista britânica acusa as autoridades de “falhanço monumental” e levanta a questão: quem desvalorizou o aviso?

Foto
Cientista britânica acusa autoridades alemãs de não terem agido apesar de terem sido avisadas WOLFGANG RATTAY/Reuters

O Governo alemão recebeu um alerta sobre as cheias que mataram mais de 160 pessoas no país. Mas o alerta, que foi muito preciso, perdeu-se e não chegou à população, que foi surpreendida com a violência e a rapidez da subida das águas. Políticos e jornalistas questionam agora quem desvalorizou a informação.