"Só não há dinheiro para os polícias". A luta nas ruas

Cerca de duas centenas de agentes da PSP e guardas da GNR manifestaram-se no Terreiro do Paço, reivindicando um subsídio de risco "justo".

Nicolau Botequilha
Fotogaleria
Nicolau Botequilha

Cerca de duas centenas de agentes da PSP e guardas da GNR manifestam-se esta quinta-feira à tarde em frente ao Ministério da Administração Interna, no Terreiro do Paço, contestando o valor que o Governo lhes quer pagar de subsídio de risco.

O presidente do Sindicato Nacional de Policia (Sinapol), Armando Ferreira, avisou que os agentes da autoridade estão dispostos a ir até às últimas consequências. E isso inclui “entrar pela campanha autárquica dentro com este assunto “.

Os agentes empunhavam cartazes a expressar a sua indignação: “Vidas a saldo”, “Exigimos respeito”, “A vida dos polícias importa” ou "Só não há dinheiro para os polícias".

Nicolau Botequilha
Nicolau Botequilha
Nicolau Botequilha
Nicolau Botequilha
Nicolau Botequilha
Nicolau Botequilha
Nicolau Botequilha
Nicolau Botequilha
Nicolau Botequilha