EUA põem travão à oferta da Pfizer de terceira dose da vacina

CDC e FDA emitem comunicado conjunto dizendo que ainda não é altura de pensar em doses de reforço, em resposta ao anúncio das empresas de que iriam pedir autorização para a comercializar.

Foto
Pfizer e BioNtech anunciaram intenção de pedir autorização de emergência para a terceira dose em Agosto Reuters/STEPHANE MAHE

A Pfizer e a BioNtech anunciaram que vão pedir aprovação dos reguladores dos Estados Unidos e da União Europeia para uma terceira dose da vacina contra a covid-19, para aumentar a imunidade face à variante Delta. Mas os Centros de Controlo e Prevenção das Doenças (CDC) e a Food and Drug Administration (FDA), agências com competência na gestão da pandemia e regulação do mercado do medicamento dos EUA, emitiram um comunicado conjunto esta sexta-feira dizendo que isso ainda não é necessário.