Faculdades de Medicina voltam a fechar a porta a aumento de vagas

Cursos procurados pelos melhores alunos vão poder aumentar oferta até 15%. Escolas médicas recusam que haja falta de clínicos no país e dizem não ter condições para acolher mais estudantes.

Foto
Os responsáveis pelas escolas médicas entendem que a oferta actual é adequada e suficiente Fábio Teixeira

Nem mais uma vaga. As faculdades de Medicina não vão acrescentar nenhuma aos cerca de 1400 lugares que disponibilizam todos os anos no concurso nacional de acesso ao ensino superior. O Governo vai voltar a abrir a porta a que os cursos procurados pelos melhores alunos cresçam até 15%, mas as escolas médicas entendem não ter condições para receber mais estudantes, ainda que possam fazê-lo.