MAI admite usar ala da prisão de Caxias para instalar imigrantes à espera de serem deportados

Cabrita quer usar “ala desactivada” para imigrantes que têm ordem de expulsão. Medida já gerou polémica: “Parece saída da cabeça de André Ventura ou Salvini”, diz Duarte Marques, do PSD.

Foto
Eduardo Cabrita levantou a hipótese durante a audição parlamentar desta quarta-feira LUSA/TIAGO PETINGA

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, disse na manhã desta quarta-feira em audição parlamentar que está a ser ponderada a hipótese de usar a ala sul da prisão de Caxias, actualmente desactivada, como alternativa ao centro de instalação temporária de imigrantes em Almoçageme, gerido pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).