Não nos vamos livrar dos microplásticos tão cedo, mas a invenção de Fionn Ferreira tira-os da água

Óleo vegetal, pó de ferrugem, um íman e um recipiente. São estes os “ingredientes” da invenção de Fionn Ferreira, que permite medir a quantidade de microplásticos presentes na água (até na que bebemos). Para o vencedor da Google Science Fair de 2019, esta pode ser “a próxima epidemia”.

plastico,ambiente,irlanda,paises-baixos,poluicao,agua,
Fotogaleria
plastico,ambiente,irlanda,paises-baixos,poluicao,agua,
Fotogaleria

A cada remada, a costa irlandesa desenrola-se na paisagem como papel de cenário. A bordo de um caiaque está Fionn Ferreira, estudante de 20 anos natural de uma “região remota” do condado de Cork e lusodescendente. O plano do jovem parece perfeito — se há coisa de que ele gosta é de “explorar a natureza”, tanto em terra como na água –, mas há algo pouco usual na costa. “Vi plástico em todo o lado, pequenos pedaços de plástico”, conta agora ao P3, anos depois dessa descoberta. Nesse dia, “irritado”, decidiu “fazer algo”, experimentar e perceber de que forma poderia contribuir para livrar aquela costa e outros lugares do mundo dos microplásticos. É que outro dos seus passatempos favoritos é “inventar coisas”.