Parecer da PSP a recusar ecrãs em Alvalade andou “perdido internamente” na Câmara de Lisboa

Sindicato dos Oficiais da PSP garante que município foi “redundantemente alertado” para entendimento de que devia ser recusada colocação de ecrãs gigantes junto a Alvalade. Autarquia diz não ter informado os promotores porque email se perdeu

Foto
Fernando Medina disse que não tinha recebido qualquer parecer da PSP a recusar os écrãs LUSA/MIGUEL A. LOPES

Afinal a câmara de Lisboa recebeu o parecer negativo da PSP que defendia que a autarquia deveria recusar a instalação de um ecrã gigante para transmitir o jogo Sporting-Boavista, que decorreu na passada terça-feira à noite, no exterior do estádio de Alvalade, mas o mesmo esteve “perdido no circuito interno” do município até esta quinta-feira, dois dias depois do evento.