Lava Homes: as casinhas “campestres” com que Benedita quis agradecer à ilha do Pico

São 14 bungalows que se espalham em cascata até ao mar, a baía de Santo Amaro aos pés, a montanha mais alta de Portugal nas costas, São Jorge a exibir-se ao fundo. Depois de uma carreira na área da publicidade, Benedita Branco quis ver obra feita. E que obra!

pico,natureza,hoteis,fugas,acores,turismo,
Fotogaleria
DR
pico,natureza,hoteis,fugas,acores,turismo,
Fotogaleria
DR
pico,natureza,hoteis,fugas,acores,turismo,
Fotogaleria
DR
,Lava Homes
Fotogaleria
, DR,DR
pico,natureza,hoteis,fugas,acores,turismo,
Fotogaleria
DR
,S.Roque do Pico
Fotogaleria
DR

Desminta quem for capaz, mas há algo de muito belo numa noite de tempestade. O assobio do vento até pode ferir os ouvidos, as pancadas da chuva ameaçar as vidraças, o rugido gutural do mar prenunciar tormentas – mas, ainda assim, há nisto tudo uma atracção magnética que nos arrasta para a janela. Uma montanha gigante (2351m) vive atrás de nós, mas não a vemos, sentimos-lhe apenas o peso espectral de quem domina em silêncio, numa beleza aterradora, esta ilha. Houvesse relâmpagos a iluminar o breu e esta seria a tempestade perfeita – pensamos nisto e não fugimos à ironia: ainda há poucas horas nos vergáramos com respeito (medo, foi antes medo) aos humores da senhora Lola, a depressão que afectou o território nacional em Abril e “embalou”, com rajadas de vento de 130 km/h, a nossa viagem até ao Pico, e agora aqui estamos, salamandra a crepitar a um canto da sala, a admirar-lhe o carácter. Se numa noite de Inverno um viajante…