Um grito de alerta

Há uma causa maior que deve unir os portugueses, implicando isso a revisitação do projeto que nasceu numa manhã límpida e pura. O futuro deve assentar na estratégia e daí este grito, que é de alerta.

Há escassos dias comemorámos quarenta e sete anos de um projeto de futuro que a todos civicamente sobressaltou.