Toda a gente sabia

Há anos que a PJ, o SEF, a PSP e a GNR conhecem situações como a que se vive em Odemira. São simplesmente casos de evidente desastre ecológico, de atentado humanitário e de obscena exploração.

Toda a gente sabia que a utilização da água dos perímetros de rega, tanto em Odemira como em muitas mais localidades, não estava de acordo com as boas regras técnicas, qualquer que seja o ponto de vista: da quantidade de água utilizada, das respectivas condições sanitárias, dos produtos a que essas águas se destinam e dos horários e calendários de acesso.