Bairro da Jamaica e jantar em Braga levam Ventura duas vezes a tribunal em pouco tempo

Líder do Chega deverá ter ainda mais dois processos, por ter recusado pagar as multas aplicadas pela Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial, mas ainda não foi notificado.

Foto
LUSA/JOSÉ FERNANDES

Começa na segunda-feira, dia 10, uma romaria de André Ventura pelos tribunais. Neste momento tem contra si pelo menos um processo cível interposto por uma família do Bairro da Jamaica, e um processo criminal aberto pelo Ministério Público por causa de um jantar em Braga, durante a campanha eleitoral. Mas é possível que a médio prazo apareçam mais dois processos, já que a Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial lhe aplicou duas multas por dois casos diferentes (no valor de quase 4000 euros) e André Ventura recusou-se a pagá-las, por não reconhecer “autoridade” à comissão para “limitar a liberdade de expressão de um cidadão”.