Grande Reserva Branco 2019: um branco que honra os 50 anos da Carmim

Um branco de barrica, gordo e maduro, embora com boa frescura. E a anos-luz de distâncias dos brancos que a cooperativa fazia há umas décadas e que eu e tantos portugueses, e não só, bebíamos a acompanhar um bom peixe da costa alentejana.

Foto

A Carmim, a Cooperativa Agrícola de Reguengos de Monsaraz, está a celebrar os seus 50 anos. É um dos bons exemplos das virtudes do cooperativismo no negócio do vinho e, neste caso, também do azeite. Não há assim tantos, infelizmente. Um pouco por todo o país, há cada vez mais adegas cooperativas a engarrafar vinho de mesa comprado noutras regiões ou até noutros países, desvirtuando o princípio da sua existência, que passa por vinificar apenas as uvas dos seus sócios. 

Sugerir correcção
Comentar