Para celebrar o Dia da Europa, a UE vai reinventar o Hino da Alegria – e tu podes fazer parte

A #Corona-special, uma orquestra virtual europeia, convida músicos de todo o continente para fazerem parte do novo arranjo do Hino da Europa, de forma a celebrar o 71.º aniversário da Declaração Schuman. Incrições abertas até 25 de Abril.

Foto
Sara Kurfess/Unsplash

A União Europeia, em conjunto com a orquestra virtual #Corona-special, quer celebrar o Dia da Europa com uma versão especial do Hino da Alegria, de Beethoven, e todos os músicos do continente estão convidados a participar. Segundo o site oficial do projecto, procuram-se cantores e músicos amadores ou profissionais que toquem cordas, sopro, percussão, guitarra e baixo, embora “outros instrumentos também estejam convidados a participar”.

No momento da inscrição, os interessados vão receber uma partitura e um ficheiro MP3, onde podem ouvir parte do novo arranjo do Hino da Europa composto por Jens Illemann, músico, professor e fundador da #Corona-special. Os participantes devem enviar a sua candidatura em formato vídeo até ao dia 25 de Abril e o resultado final vai ser conhecido a 9 de Maio, Dia da Europa, com curadoria de Illemann. 

O novo arranjo é descrito como uma fusão de música clássica com swing e rock, num estilo apelidado de “ecléctico”, lê-se em comunicado. A União Europeia espera a “participação de mais de 500 músicos” para celebrar o 71.º aniversário da histórica Declaração de Schuman, ponto de partida para a Europa que conhecemos hoje.

A #Corona-special nasceu de uma pequena ideia de formar uma orquestra online no início da pandemia, na Alemanha, mas já alcançou mais de 20 nações e 200 músicos, que, todos os meses, se juntam para gravar uma canção nova. Apesar de a participação no novo arranjo do Hino da Europa ser gratuita, quem quiser fazer parte da comunidade #Corona-special pode optar por uma subscrição mensal de cinco euros ou uma anual de 50.

Texto editado por Ana Maria Henriques