Com mais um grande heat, Frederico Morais volta a ganhar no CT

O surfista português derrotou Adrian Buchan no Rip Curl Newcastle Cup, a segunda etapa do Championship Tour 2021.

Foto
WSL

Frederico Morais garantiu na noite desta quarta-feira o apuramento para os oitavos-de-final do Rip Curl Newcastle Cup, a segunda etapa do Championship Tour (CT) 2021. Em Merewether Beach, na cidade australiana de Newcastle, o surfista português repetiu a prestação consistente da primeira ronda e, com mais um grande heat, derrotou Adrian Buchan e já assegurou, pelo menos, a nona posição.

Após um 17.º lugar no Billabong Pipe Masters, a primeira etapa do circuito da World Surf League que se disputou na costa Norte de Oahu, no Havai, Frederico Morais tem mostrado na Austrália uma enorme tranquilidade e confiança.

No frente a frente com Adrian Buchan, que estava a competir praticamente em casa – o australiano é natural de Avoca Beach, que fica a cerca de 50 quilómetros de Newcastle -, Morais reencontrava um rival com quem tinha perdido em 2017, no Drug Aware Margaret River Pro, na costa Oeste da Austrália, mas desta vez esteve sempre no comando da bateria.

Com prioridade na primeira onda, “Kikas” começou por arrancar com aquela que seria a melhor onda do heat (6.17). Buchan respondeu com duas ondas seguidas (4.33 e 5.07), mas na segunda tentativa, Morais voltou a conseguir uma boa pontuação: 5.60.

Com duas ondas para cada surfista ao fim dos primeiros 10 minutos, o surfista português tinha o conforto de ter as duas melhores notas e, quando Buchan conseguiu melhorar (5.27), Morais respondeu com outra onda melhor do que qualquer uma do australiano: 5.93.

Sem grande margem de manobra, o australiano ficava com 10 minutos para conseguir uma pontuação de 6.83, mas numa última tentativa, já no último dos 30 minutos da bateria, não superou os 5.93.

Garantido o lugar na “ronda dos 16”, Frederico Morais terá agora pela frente, numa bateria que deverá ser disputada na noite de quinta-feira, o vice-campeão em 2019: Gabriel Medina.