Covid-19 em Portugal: mais seis mortes e 309 casos. R(t) sobe para 0,94

A incidência de novos casos desceu em relação ao dia anterior. Estão internados nos hospitais portugueses 623 doentes. Desses, 136 estão em unidades de cuidados intensivos, o número mais baixo desde Outubro.

O índice de transmissibilidade (ou Rt) da covid-19 em Portugal subiu para 0,94, mas a incidência baixou em relação aos dias anteriores. Registaram-se mais 309 infecções pelo novo coronavírus no domingo (o número mais baixo desde 21 de Março) e seis mortes causadas pela doença, de acordo com o boletim da Direcção-Geral da Saúde publicado esta segunda-feira.

No total, desde Março de 2020, já 820.716 pessoas ficaram infectadas com o SARS-CoV-2 (que causa a covid-19). Registaram-se 16.843 óbitos.

Há mais 458 pessoas recuperadas esta segunda-feira, num total de 775.849 recuperados desde o início da pandemia.

No total, há 28.024 casos activos em Portugal, menos 155 do que no dia anterior – este número é conseguido depois de subtraídos os óbitos e os recuperados ao número total de infecções.

Estão internados nos hospitais portugueses 623 doentes (menos dez do que no dia anterior). Desses, 136 estão em unidades de cuidados intensivos, menos seis, e o número mais baixo desde 13 de Outubro.

De acordo com a matriz de risco publicada esta segunda-feira, a incidência em território nacional situa-se nos 70 casos de infecção por cada 100.000 habitantes. Olhando apenas para os dados do continente, verifica-se que há 63,4 casos de infecção por cada 100.000 habitantes. Ambos os valores de incidência baixaram em relação aos últimos dados disponíveis.

Já o índice de transmissibilidade (ou Rt) nacional é de 0,94, uma subida em relação aos dias anteriores, com o continente a registar 0,93.

Analisando os dois factores na matriz de risco conclui-se que Portugal ainda se situa no quadrado verde que permite avançar no desconfinamento previsto.

Só se registaram mortes em Lisboa e Vale do Tejo e Alentejo

Quase metade dos novos casos confirmados foram detectados na região de Lisboa e Vale do Tejo: com 139 casos, foi a região com maior número de novas infecções. Seguem-se o Norte, com 93 casos; o Centro, com 25; o Algarve com 19 e o Alentejo com 16.

Na região autónoma dos Açores detectaram-se nove casos e na Madeira oito.

A maioria das regiões em Portugal não registou qualquer óbito nas últimas 24 horas: apenas Lisboa e Vale do Tejo (com cinco mortes) e o Alentejo (com uma morte) registaram vítimas devido à pandemia.