Sofia Araújo considerada a “jogadora revelação” do WPT 2020

A jogadora portuguesa é a primeira atleta portuguesa a ser distinguida com o prémio pelo World Padel Tour.

Foto
DR

Sofia Araújo foi distinguida nesta quinta-feira pelo World Padel Tour (WPT) como a “jogadora revelação” de 2020. A padelista portuguesa, de 26 anos, realizou no último ano no principal circuito mundial de padel a melhor época da sua carreira, terminado a temporada com a participação no Master Final, torneio a que apenas têm acesso os 16 melhores jogadores masculinos e femininos do ano no WPT.

Apesar de 2020 ter sido muito condicionado pela pandemia e de Sofia Araújo ter visto a sua época prejudicada pela ausência no Master de Barcelona após contrair a covid-19, a jogadora de Lisboa, que jogou toda a temporada ao lado da argentina Virginia Riera, conseguiu em 2020 alcançar uma meia-final (Madrid Open) e três quartos-de-final (Estrella Damm Open, Sardenha Open e Menorca Open), resultados que colocaram Araújo e Rieira com 1315 pontos no final dos nove torneios realizados em 2020.

Sofia Araújo, que vai iniciar em Abril o circuito do World Padel Tour no 17.º lugar e ao lado de uma nova parceira (Eli Amatriain), é a primeira jogadora portuguesa a ser distinguida pelo World Padel Tour com este prémio.