Ana começou o Diário de uma Mãe Ilustradora, para mostrar como é sê-lo em confinamento (e não só)

Fotogaleria

Ana Granado não se queria esquecer das peripécias dos filhos, por isso, começou um diário. Mas, como ilustradora que é, os desenhos vinham-lhe de forma mais natural do que as palavras — e assim começou o Diário de uma Mãe Ilustradora, uma página de Instagram onde partilha os desenhos.

O projecto nasceu antes da pandemia, mas foi quando começou o primeiro confinamento que “as pessoas começaram a ligar mais ao diário, porque estavam todas a viver a mesma coisa e identificavam-se”. Foi também nessa altura que recriou o seu traço: “Os meus filhos estavam a crescer e tinha sempre de adaptar [o desenho], então, e como também gosto muito de arte abstracta e de formas, achei que era boa ideia associar cada um deles a uma forma e cor específica”, conta ao P3. Assim, a filha mais velha, Isabel tornou-se num triângulo vermelho; Salomé num semicírculo amarelo; Maria num hexágono verde e Simão num círculo azul. À personalidade de cada um dos filhos, Ana (que é um quadrado vermelho) associou uma forma geométrica. A linguagem é “engraçada e muito simples, de registo rápido” — consiste em formas com braços e pernas, e olhos que transmitam expressão — tal como se quer num diário.

As ideias vão-lhe surgindo durante o dia e vão sendo registadas num caderno que está sempre à mão. “Às vezes a piada ainda não está lá, então deixo a marinar. Outras vezes, penso logo numa piada ou em algo que eles disseram e é muito rápido de passar para uma ilustração”, refere a ilustradora de 33 anos. As situações são do quotidiano: desde problemas técnicos nas aulas online aos (poucos) momentos de sossego, Ana mostra como é ser mãe de quatro em período de confinamento — e fora dele, porque ser mãe não acaba, e este diário também não tem fim à vista.

Ana Granado
Ana Granado
Ana Granado
Ana Granado
Ana Granado
Ana Granado
Ana Granado
Ana Granado
Ana Granado
Ana Granado
Ana Granado
Ana Granado
Ana Granado
Ana Granado
Ana Granado
Sugerir correcção