Quinta, na TV: danças arquitectadas, atletismo e O Novo Mundo

Escolhas para ficar a ver televisão.

Foto
Body-Buildings estreia-se na RTP2, às 22h56

CINEMA

Sangue Quente
Nos Studios, 18h

Com argumento e realização de Jonathan Levine, uma comédia de terror baseada no romance homónimo de Isaac Marion. Num futuro não muito distante, quase todos os humanos se tornaram zombies. Os poucos sobreviventes vivem refugiados em locais incertos. Quando Julie (Teresa Palmer) resolve sair à procura de mantimentos, é atacada. Entre os atacantes está R (Nicholas Hoult), um zombie solitário que, com Julie, sente despertar em si sensações que julgava extintas. Terá encontrado uma forma de reverter o processo?

O Novo Mundo
AXN Movies, 21h10
Filme sobre o encontro entre os nativos americanos e os europeus que partiram à conquista do novo mundo, é também a história da índigena Pocahontas, do aventureiro John Smith e do aristocrata John Rolfe. Colin Farrell, Q’orianka Kilcher, Christopher Plummer e Christian Bale integram o elenco. Escrito e realizado por Terrence Malick, o filme foi nomeado para o Óscar de melhor cinematografia.

Tudo Bons Rapazes
Fox Movies, 22h53
Uma espécie de biografia da máfia, narrada na primeira pessoa por Henry Hill (Ray Liotta), um italo-irlandês cuja maior ambição é pertencer à rede criminosa, e que se envolve com James Conway (Robert De Niro) e com Tommy DeVito (Joe Pesci). Há também os testemunhos de Karen (Lorraine Bracco), jovem judia que casou com Henry e que depressa vê toda a sua vida social enredada na nova “família”. Realizado por Martin Scorsese, o filme recua às décadas de 1960 e 70 para retratar os bons e maus momentos, os anos de poder, o declínio e, finalmente, os anos de traição e decadência total. E também a culpa.

Estradas da Vida
TVCine Emotion, 00h20
Road movie escrito e realizado por Sebastian Schipper, com Fionn Whitehead e Stéphane Bak como protagonistas. Num momento de rebeldia, o jovem Gyllen faz-se à estrada na autocaravana do padrasto. Depois de uma longa viagem até Marrocos, cruza-se com William, um congolês que tenta encontrar o irmão, que viajou para França e deixou de dar notícias. Gyllen decide ajudá-lo. É o início de uma aventura cheia de atribulações mas também carregada de esperança.

DOCUMENTÁRIO

Body-Buildings
RTP2, 22h56

Seis obras de arquitectura, noutros tantos pontos de Portugal, harmonizam-se com coreografias criadas para elas por outros tantos grandes nomes da dança contemporânea nacional. Neste encontro artístico também entra o cinema, pela câmara de Henrique Pina, o realizador deste premiado documentário. Tânia Carvalho criou a sua peça para a Ponte da Carpinteira (Covilhã), de João Luís Carrilho da Graça; Vera Mantero, para a Piscina das Marés (Leça da Palmeira), de Álvaro Siza Vieira; Victor Hugo Pontes, para o Estádio Municipal de Braga, de Eduardo Souto de Moura; a dupla Jonas & Lander, para o Arquipélago - Centro de Artes Contemporâneas (Ribeira Grande), de João Mendes Ribeiro e Menos é Mais Arquitectos; Olga Roriz, para o Mudas - Museu de Arte Contemporânea (Calheta), de Paulo David; e Paulo Ribeiro, para o Centro de Convívio Irene Aleixo (Grândola), de Aires Mateus.

DESPORTO

Campeonatos da Europa de Atletismo em Pista Coberta
RTP2, 18h

Directo. Até domingo, são transmitidas as provas dos Campeonatos da Europa de Atletismo em Pista Coberta, a decorrer em Torun, na Polónia. Portugal apresenta-se com a sua segunda maior delegação de sempre. Entre os atletas estão Auriol Dongmo e Francisco Belo no lançamento do peso, Pedro Pichardo no triplo salto e Patrícia Mamona no triplo feminino (calendário completo aqui).

SÉRIE

Schitt’s Creek
TVCine Emotion, 22h10
Começa a segunda temporada da sitcom criada e interpretada por Eugene e Dan Levy (pai e filho), centrada numa família abastada que perdeu toda a fortuna e não teve alternativa senão começar do zero na cidade que o patriarca um dia comprou ao filho por piada. Schitt’s Creek fez história nos Emmys do ano passado, ao arrecadar sete galardões na cerimónia principal – entre eles, o de melhor série do género (a primeira vez que tal acontece com uma produção canadiana) e o de melhor actriz principal para a lenda da comédia Catherine O’Hara. A série acaba também de ser premiada nos Globos de Ouro nestas duas categorias.