Dar tempo ao tempo: o que acontece depois do gap year

Leonor Jacob é actualmente coordenadora de Apoio ao Gapper, o departamento da Gap Year Portugal responsável por aconselhar os jovens que querem fazer um gap year. Em 2018, a Leonor decidiu fazer um gap year: trabalhou durante 4 meses e fez uma viagem pelo Sri Lanka, Índia e Moçambique, onde nem tudo correu como planeado, Quando regressou a Portugal, os sentimentos eram contraditórios e dificultavam a aceitação deste período: o que correu menos bem parecia sobrepor-se às experiências positivas. Tantas expectativas que, após o regresso, pareciam furadas. No entanto, mesmo que não tenha sido o que ela tinha imaginado que fosse, hoje consegue ver que valeria sempre a pena ir. Com a distância de quase 2 anos volvidos deste o seu gap year, a Leonor ganhou mais percepção e percebeu que ficou mais confiante, tranquila e independente.

Neste episódio, a Leonor fala-nos da “ressaca” após o gap year, gestão de expectativas e sobre a importância de dar tempo ao tempo.

Subscreva o programa Ready. Gap. Go! na Apple PodcastsSoundCloudSpotify e nas aplicações para podcasts. Descubra outros programas em publico.pt/podcasts.​​​ Acompanhe a Gap Year Portugal nas redes sociais Instagram Twitter e no site gapyear.pt.​​​​