A soul eterna de Marvin Gaye e a soul geracional de Arlo Parks

50 anos. É o tempo que separa What’s Going On de Marvin Gaye, obra intemporal agora reeditada, e Collapsed In Sunbeams, estreia da britânica Arlo Parks, retrato da geração que está nos vintes e que, tal como acontecia em 1971, parece não vislumbrar o futuro.

Foto
DR

Na mitologia da música popular há quem diga que os anos acabados em 7 são entusiasmantes. 1967 foi o ano do “verão do amor”. Em 1977 a afirmação do punk tornou-se um facto. E em 1987 propagou-se o acid-house. Mas neste debate entre mitologias existe um rival. Os anos acabados em 1. Se os de 7 são de expansão, os de 1 significam mutação. Seguem-se à viragem de cada uma das décadas. Depois do fim, recomeçar.

Sugerir correcção
Ler 1 comentários