Marcelo reeleito e outras notas

Portugal tem problemas estruturais que a crise pandémica só veio agravar. Seria simultaneamente refrescante e inesperado ver Marcelo Rebelo de Sousa utilizar a legitimidade reforçada para colocar o seu peso político por detrás destes desígnios.

Estas eleições foram feitas sob o signo da pandemia. Devemos às equipas que se mobilizaram para organizar as secções de voto a sensação de segurança sanitária que nos transmitiram.