Ursula von der Leyen rejeita críticas à campanha de vacinas da União Europeia

Presidente do executivo comunitário chega sexta-feira a Lisboa para uma viagem que diz ser “essencial” para o trabalho da Comissão com a presidência portuguesa do Conselho da UE. “Este diálogo é da maior importância”.

Foto
Ursula von der Leyen TEPHANIE LECOCQ/EPA

Com “cautelas redobradas”, e todo o respeito pelas novas restrições que entram em vigor esta sexta-feira para conter os contágios com o novo coronavírus, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, acompanhada de uma delegação reduzida do seu colégio de comissários, viajará para Portugal para uma ronda de contactos com o Governo e outros órgãos de soberania que reputou como “essenciais” para o desenvolvimento do programa de trabalho das instituições comunitárias — ainda a operar em “modo de crise” por causa da pandemia.