Mais advogados queixam-se de abusos sobre imigrantes no centro do aeroporto

Advogado fez queixa ao Ministério Público e já foi ouvido. Escreveu ao Ministro da Administração Interna mas não teve resposta. Denuncia coação sobre cliente brasileira e de lhe barrarem o acesso ao centro do aeroporto. Debaixo de fogo, Eduardo Cabrita é nesta terça-feira ouvido no Parlamento.

Foto
Rui Gaudencio

Abuso de autoridade, coacção, intimidação, obstrução ao exercício do direito de defesa. Uma cidadã brasileira, Laudiceia Lima, 39 anos, diz que passou por isso a 28 de Fevereiro, no centro de instalação temporária do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) do aeroporto.