Coronavírus

Os rostos do "v-day". As imagens que mostram o primeiro dia da vacinação contra a covid-19

Katie McIntosh aplica a vacina no Western General, na Escócia Reuters/POOL
Fotogaleria
Katie McIntosh aplica a vacina no Western General, na Escócia Reuters/POOL

O Reino Unido começou esta terça-feira a maior campanha de vacinação de sempre no país. As vacinas da Pfizer contra a covid-19 foram aplicadas em várias cidades, desde Inglaterra até ao País e Gales. 

No dia em que o Reino Unido inicia o seu programa de vacinação, Margaret Keenan foi vacinada no Hospital da Universidade de Coventry, no centro de Inglaterra, às 06h31 — exactamente uma semana antes de completar 91 anos. Autoridades britânicas pedem paciência à população e dizem que programa de imunização será uma “maratona, não um sprint”.

Mas aquela que é a maior campanha de sempre de vacinação naquele país também decorreu em várias outras cidades de Inglaterra, Escócia e País Gales. Para o ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, este é um "momento histórico", tendo-se referido à data como o "Dia V" [uma referência ao Dia da Vitória da II Guerra Mundial]. Segundo o ministro, é esperado que até ao Natal estejam vacinadas 4 milhões de pessoas.

A autorização para que a mesma vacina seja utilizada na Europa deve acontecer já no final de Dezembro, sendo que Portugal receberá as primeiras doses em Janeiro.

Covid-19: britânica de 90 anos foi a primeira a receber vacina da Pfizer

A vacina da covid-19 da Pfizer vai viajar numas caixas onde o calor não entra

Quem, como, quando? O que precisa de saber sobre a vacinação da covid-19 

 

 


 

 

Uma mulher recebe a vacina da Pfizer no Guy's Hospital, em Londres
Uma mulher recebe a vacina da Pfizer no Guy's Hospital, em Londres Reuters/POOL
Grace Thomson recebe a vacina da Pfizer contra a covid-19 no Hospital Louisa Jordan, en Glasgow, na Escócia
Grace Thomson recebe a vacina da Pfizer contra a covid-19 no Hospital Louisa Jordan, en Glasgow, na Escócia Reuters/POOL
Roger Shaw, de 87 anos, recebe a vacina para a covid-19 em Londres
Roger Shaw, de 87 anos, recebe a vacina para a covid-19 em Londres Reuters/POOL
O Hospital Universitário Croydon, em Londres, já começou a vacinar várias pessoas contra a covid-19
O Hospital Universitário Croydon, em Londres, já começou a vacinar várias pessoas contra a covid-19 Reuters/POOL
George Dyer, de 90 anos, recebe a vacina no Hospital Universitário Croydon, em Londres
George Dyer, de 90 anos, recebe a vacina no Hospital Universitário Croydon, em Londres Reuters/POOL
Uma mulher recebe a vacina da Pfizer em Cardiff
Uma mulher recebe a vacina da Pfizer em Cardiff Reuters/POOL
O maior processo de vacinação do Reino Unido também acontece em Cardiff
O maior processo de vacinação do Reino Unido também acontece em Cardiff Reuters/POOL
Margaret Keenan, de 90 anos, foi a primeira pessoa a receber a nova vacina contra a covid-19. A mulher foi inoculada no Hispital Universitário de Coventry
Margaret Keenan, de 90 anos, foi a primeira pessoa a receber a nova vacina contra a covid-19. A mulher foi inoculada no Hispital Universitário de Coventry Reuters/NHS England and NHS Improvement
 Boris Johnson observa a enfermeira  Rebecca Cathersides enquanto esta aplica a vacina contra a covid-19
Boris Johnson observa a enfermeira Rebecca Cathersides enquanto esta aplica a vacina contra a covid-19 Reuters/POOL
Ranju Shukla, acompanhada pelo marido Hari Shukla, recebe a vacina na Royal Victoria Infirmary, em Newcaste
Ranju Shukla, acompanhada pelo marido Hari Shukla, recebe a vacina na Royal Victoria Infirmary, em Newcaste Reuters/POOL
Sugerir correcção