Presidentes das cinco CCDR tomam posse em Coimbra esta quinta-feira

As eleições para a presidência das cinco CCDR confirmaram quatro candidatos únicos, num modelo pouco consensual, e que recebeu críticas.

regionalizacao,descentralizacao,politica,autarquias,eleicoes,governo,
Foto
António Costa e Alexandra Leitão estarão na cerimónia de tomada de posse LUSA/RODRIGO ANTUNES

Os presidentes e vice-presidentes das Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR), eleitos em 13 de Outubro, tomam posse na cidade de Coimbra, esta quinta-feira, numa cerimónia que será presidida pelo primeiro-ministro, António Costa.

A cerimónia decorre a partir das 15h, no Convento de São Francisco e contará, igualmente, com a presença da ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, e do secretário de Estado da Descentralização e da Administração Local, Jorge Botelho.

As eleições para a presidência das cinco CCDR (Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve) confirmaram quatro candidatos únicos, à excepção do Alentejo, num modelo pouco consensual fora do espectro político do PS e PSD que mereceu críticas dos outros partidos.

O ex-reitor da Universidade do Minho António Cunha foi nomeado para a CCDR Norte, enquanto a do Centro será presidida por Isabel Damasceno.

A CCDR de Lisboa e Vale do Tejo (LVT) será presidida por Teresa Almeida, a do Alentejo pelo ainda presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo, António Ceia da Silva (PS), e a do Algarve pelo ex-secretário de Estado José Apolinário (PS).

Os eleitos têm um mandato de quatro anos, embora nesta primeira vez, excepcionalmente, seja de cinco.

No caso da eleição para um dos vice-presidentes foram eleitos Beraldino Pinto, ex-autarca de Macedo de Cavaleiros (PSD), para o Norte; o arquitecto José Pacheco para o Algarve; o ex-autarca Aníbal Reis Costa (PS) para o Alentejo; o geógrafo Jorge Marques de Brito, actual secretário executivo da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, para o Centro; e Joaquim Sardinha, autarca em Mafra (PSD), para LVT. Todos eles eram candidatos únicos.

Há uma semana, o Conselho de Ministros deu a conhecer os outros vice-presidentes, por proposta do membro do Governo responsável pela coesão territorial, após prévia coordenação com os membros do Governo responsáveis pelas áreas das autarquias locais e do ambiente, e depois de consultado o presidente e o vice-presidente eleitos.

São eles Célia Maria Gomes de Oliveira Ramos, vice-presidente da CCDR Norte, Eduardo Anselmo Moreira Fernandes de Castro, vice-presidente da CCDR Centro, José Manuel Pereira Alho, vice-presidente da CCDR LVT, Carmen de Jesus Geraldo Carvalheira, vice-presidente da CCDR Alentejo e Elsa Maria Simas Cordeiro, vice-presidente da CCDR Algarve.

As CCDR são serviços desconcentrados da Administração Central, dotados de autonomia administrativa e financeira, incumbidos de executar medidas para o desenvolvimento das respectivas regiões, como a gestão de fundos comunitários.

Mais de 10.000 autarcas dos executivos e das assembleias municipais de cada câmara foram convocados para eleger pela primeira vez, através de colégios eleitorais regionais, os cinco presidentes CCDR, que eram até agora nomeados pelo Governo.

Sugerir correcção