Crónica

O cinema de uma nação pode mesmo morrer

Tenho seguido com atenção a discussão ao longo das últimas semanas sobre a nova lei do cinema em Portugal e queria partilhar o que poderá ser uma antevisão do futuro se não houver vontade política em proteger o cinema português e todos os seus autores e profissionais. O futuro de que falo é já presente onde vivo, na Escócia, país com um modelo de financiamento e produção cinematográfica que tenho vindo a descobrir ao longo dos últimos anos.