DR
Foto
DR

Um vídeo no TikTok pôs meio mundo a andar de skate ao som dos Fleetwood Mac – inclusive a banda

Nathan Apodaca gravou-se na auto-estrada a fazer lip sync de Dreams e inspirou até o baterista dos Fleetwood Mac a responder na mesma moeda (quase: Mick Fleetwood não teve a ousadia de ir para a auto-estrada). Canção tem tido aumento exponencial de streams e álbum Rumours regressou às tabelas de vendas norte-americanas.

Nathan Apodaca, ou @420doggface208, nome pelo qual se dá no TikTok, estava a conduzir para o trabalho na cidade norte-americana de Idaho Falls quando, sem mais nem menos, o seu carro foi abaixo. A sua sorte é que no banco de trás estava o fiel skate, que usou para dar continuidade à viagem na auto-estrada. Pelo meio, Nathan decidiu sacar do telemóvel e, com um sumo de frutos silvestres na mão esquerda, gravar-se a fazer lip sync de Dreams, canção gravada pelos Fleetwood Mac em 1977. Porquê os Fleetwood Mac? É a Internet, ninguém sabe. O que de facto sabemos é que o vídeo motivou um mar de imitações, desencadeando uma reacção viral que chegou até ao baterista Mick Fleetwood.

Não é difícil explicar o sucesso de Apodaca: o “meme material” abunda naqueles curtos segundos de diversão quiçá ligeiramente ilegal na auto-estrada. Basta olhar para os cordões do hoodie cinzento que dançam ao vento, os lábios que se mexem sem vergonha em concordância com os versos de Stevie Nicks enquanto os olhos do protagonista fitam a câmara do telemóvel ou, claro, o suminho de frutos silvestres que volta e meia vai sendo saboreado. Os Fleetwood Mac partilharam no Twitter o vídeo, que tem já mais de 24 milhões de visualizações no TikTok, antes de o próprio Mick Fleetwood, com umas formidáveis correntes de ouro ao peito, imitar Nathan em jeito de homenagem. “O @420doggface208 tinha razão. A Dreams e frutos silvestres batem de maneira diferente”, escreveu no TikTok (na sua versão, não dá para perceber se o baterista também está a andar de skate, sendo que certamente não está na auto-estrada).

Quanto às restantes imitações, há que destacar uma proposta particularmente interessante de uma mulher com uma abóbora de Halloween por cima da cabeça e um copo da Starbucks na mão esquerda. Não menos enigmática é a versão de três cowboys que compensaram a falta de skates com um movimento de ancas temível.

Nathan renovou um interesse global em Dreams, que na última semana, segundo o jornal britânico The Guardian, contabilizou 8,47 milhões de streams nos Estados Unidos. O álbum Rumours, de que a canção faz parte, também regressou às tabelas de vendas norte-americanas pela primeira vez em sete anos, agarrando-se à 27.ª posição. No Reino Unido, o disco mantém o 22.º lugar, sendo que não sai do “Top 40” britânico há umas estonteantes 41 semanas (o álbum, que fez 43 anos em Fevereiro, já passou um total de 856 semanas nos charts ingleses).

O The Guardian avança que Apodaca recebeu “milhares de dólares em doações” desde que gravou o vídeo original. O norte-americano planeia usar o dinheiro para “surpreender a sua mãe com pelo menos cinco mil dólares” e comprar um carro novo – fará jeito, uma vez que tem de andar para cá e para lá com um skate no banco de trás do veículo actual. Quanto aos Fleetwood Mac, a banda lançou a 18 de Setembro uma reedição do álbum Then Play On, o último gravado com o co-fundador Peter Green, que faleceu em Julho aos 73 anos.

Sugerir correcção