Político espanhol usa máscara anticovid para esconder playback em inglês

Vereador de Valência participou em evento da Comissão Europeia ocultando o recurso a um intérprete de inglês, língua que não dominava. O caso virou piada nacional em Espanha.

Carlos Galiana
Foto
Carlos Galiana DR

A ideia era vender Valência, Espanha, como Capital Europeia de Inovação, num evento promovido pela Comissão Europeia, mas o Presidente da Câmara não estava disponível. Carlos Galiana, vereador com a pasta da inovação, era a alternativa, mas não falava inglês. O problema foi resolvido através de uma artimanha que acabou por ser facilmente desvendada e que já levou o político valenciano a pedir desculpas.

Galiana, o vereador que não fala inglês, acabou mesmo por participar no dito evento online da Comissão Europeia, de rosto escondido, atrás de uma máscara anticovid. Ao mesmo tempo, uma voz em inglês, que não a de Galiana, fez um curto discurso de apresentação na língua de Shakespeare. E, enquanto o interprete falava, Carlos Galiana​ gesticulava e batia até com a mão no peito, quando a voz em inglês dizia ser “uma honra” estar ali a representar Valência. Não passava de uma interpretação teatral. (Curiosamente Galiana é também actor de profissão, para além de vereador na autarquia de Valência.)

O jornal online El Espanhol, citando fontes da autarquia, diz que as regras do evento na Comissão Europeia não permitiam a presença de um interprete e que esta acabou por ser a solução encontrada.

A interpretação durou escassos segundos e foi bem-sucedida, tirando para os que perceberam que não se tratava da voz de Carlos Galiana, cujo inglês não era o seu forte.

O episódio virou piada nacional em Espanha, recordando outros discursos em que políticos do país tentaram, sem grande sucesso, falar inglês. O antigo primeiro-ministro Mariano Rajoy chegou a dizer “it's very difficult todo esto” e a então presidente da Câmara de Madrid, Ana Botella, quando apresentou a candidatura da cidade aos Jogos Olímpicos 2020, falou na possibilidade de tomar uma "relaxing cup of café con leche” na capital espanhola.

Entretanto, Carlos Galiana já veio dizer que lamentava “profundamente” o caso, admitindo que a sua conduta “não foi a mais adequada”. E a Comissão Europeia acabou por nomear Lovaina, na Bélgica, e não Valência, como Capital Europeia da Inovação.

Sugerir correcção