No Douro, a Quinta Nova está como nova

A “primeira quinta em Portugal a abrir um espaço de enoturismo e um hotel dedicado ao vinho” remodelou todos os seus espaços interiores mesmo a tempo de celebrar 15 anos. E nos socalcos históricos da Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo já arrancaram as vindimas.

,Enoturismo
Fotogaleria
vindimas,passeios,vinicultura,vinhos,douro,fugas,
Fotogaleria
,Hotel
Fotogaleria
vindimas,passeios,vinicultura,vinhos,douro,fugas,
Fotogaleria
vindimas,passeios,vinicultura,vinhos,douro,fugas,
Fotogaleria
vindimas,passeios,vinicultura,vinhos,douro,fugas,
Fotogaleria
vindimas,passeios,vinicultura,vinhos,douro,fugas,
Fotogaleria
,Hotel
Fotogaleria
,Hotel
Fotogaleria
,Hotel
Fotogaleria
,Hotel
Fotogaleria
vindimas,passeios,vinicultura,vinhos,douro,fugas,
Fotogaleria
vindimas,passeios,vinicultura,vinhos,douro,fugas,
Fotogaleria
vindimas,passeios,vinicultura,vinhos,douro,fugas,
Fotogaleria
,Hotel
Fotogaleria
,Donelo
Fotogaleria
vindimas,passeios,vinicultura,vinhos,douro,fugas,
Fotogaleria
Mount Scenery
Fotogaleria

Por esta altura, as “pessoas das serranias” em redor já tinham descido das aldeias para “vir fazer as vindimas ao Douro”. Vinham “em cortejo mesmo”, homens e mulheres, gente pobre da região que chegava para “ganhar [algum] dinheiro” durante um mês, sempre ali a cair em Setembro.