Três projectos portugueses recebem prémios internacionais de arquitectura

Um hotel para animais em Vila do Conde, um conjunto habitacional em Guimarães e um centro médico em Santa Maria da Feira foram distinguidos pelos International Architecture Awards.

Foto

Um hotel canino em Vila do Conde, um empreendimento habitacional em Guimarães e um centro médico em Santa Maria da Feira foram premiados pelos International Architecture Awards, do Museu de Arquitectura de Chicago, nos Estados Unidos.

Estes três projectos portugueses, reconhecidos na classe de hotéis, casas de habitação e equipamentos de saúde, respectivamente, fazem parte dos mais de 125 novos edifícios e estudos urbanos de todo o mundo reconhecidos na 15.ª edição dos prémios internacionais de arquitectura, refere a página da organização.

Concluído em 2019, o hotel canino e felino em Vila do Conde, distrito do Porto, é da autoria do arquitecto Raulino Silva. O edifício foi construído de raiz para o alojamento temporário de cães e gatos, tendo a construção procurado “encontrar as condições adequadas para os animais, quer na acomodação, no recreio, na tosquia, no banho e na ida ao veterinário”, explicou o gabinete do arquitecto, em comunicado.

“Nos últimos meses, a obra tem ganho vários prémios e distinções internacionais, tendo sido finalista no The Plan Awards e nos Dezeen Awards, das respectivas revistas de arquitectura”, sublinhou. Na nota, Raulino Silva adiantou já ter vencido prémios em Paris, Los Angeles e Nova Iorque.

As premiadas sete casas, denominadas de BOX XL Houses, em Guimarães, distrito de Braga, do Grupo Zegnea, foram, à semelhança da unidade hoteleira, concluídas em 2019. O projecto Box XL Houses é um empreendimento de sete casas dispostas de forma diversa que, em 2019, foi reconhecido com uma menção honrosa no Architecture Masterprize, lê-se na sua página oficial.

A Clínica de Hemodiálise Nefrodouro, em Santa Maria da Feira, distrito de Aveiro, assinado pela Ventura + Partners, tem uma forma paralelepipédica desenvolvida em dois pisos, um dos quais semienterrado, segundo a página deste gabinete de arquitectura.

“O objectivo do projecto foi criar uma clínica de hemodiálise que tornasse o processo o mais simples e confortável possível para os utentes, num espaço marcadamente distinto das clínicas citadinas convencionais”, explicou. No edifício, acrescenta, é promovida a harmonia e a serenidade, com o branco a assumir-se como cor predominante e as janelas a permitirem o contacto dos pacientes com a natureza.

O Domi Canis Cattus é um eco-hotel canino e felino desenhado de raiz por Raulino Silva para o efeito, em Vila do Conde. João Morgado
As Box XL Houses, em Guimarães, foram desenhadas pelo arquitecto Nuno Lobo. João Morgado
Clínica de Hemodiálise Nefrodouro, pelos Ventura + Partners.
Fotogaleria
João Morgado

Esta é a segunda vez que um projecto assinado pela Ventura + Partners é distinguido nos  International Architecture Awards , depois do prémio obtido em 2011 com o projecto residencial São Félix Marinha, em Vila Nova de Gaia, distrito do Porto.

Os International Architecture Awards distinguem, ano após ano, os melhores projectos de design e arquitectura de todo o mundo, tendo os vencedores deste ano sido seleccionados por um júri grego composto por arquitectos, críticos e académicos.