Covid-19: Professores de Madrid em greve por falta de segurança no regresso às aulas

Os sindicatos de professores acusam a Comunidade de Madrid de não ter “garantido as medidas necessárias ou o aumento essencial de recursos”. Executivo regional rejeita as acusações e critica as razões das greves como “falsas”.

madrid,mundo,sindicatos,greve,espanha,europa,
Foto
Todas as centrais sindicais se mobilizaram para greves no regresso às aulas na Comunidade de Madrid REUTERS/Nacho Doce

Os professores da Comunidade de Madrid, em Espanha, anunciaram uma série de greves para o início do novo ano escolar por sentirem falta de condições de segurança no contexto da pandemia de covid-19. Acusam as autoridades regionais e o Ministério da Educação espanhol de “não terem garantido as medidas necessárias ou o aumento essencial de recursos”, o que consideram ser uma “situação muito grave” que põe em “perigo a comunidade educativa”.