Maquinistas admitem processar IP pelo acidente com Alfa Pendular

Acidente poderia ter sido evitado se tivessem sido seguidas recomendações emitidas depois de incidentes semelhantes ocorridos nos últimos anos.

Foto
O acidente provocou dois mortos e 43 feridos LUSA/PAULO CUNHA

António Domingues, presidente do Sindicato dos Maquinistas (SMAQ), disse ao PÚBLICO que vai avançar com um processo criminal contra a Infra-estruturas de Portugal (IP), se se confirmarem as suspeitas de que a empresa não seguiu as recomendações do GPIAAF (Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e Acidentes Ferroviários), que poderiam ter evitado o acidente de sexta-feira.

Sugerir correcção