Quanto vale uma banana? Estudo mostra como o retalho pode reduzir o desperdício alimentar em um terço

Medidas, já a serem testadas na prática, passam pelo reaproveitamento, transformação e doação de frutas e legumes e também pela venda de calibres mais pequenos e de peças soltas.

Foto
Grande parte do desperdício é de alimentos muito perecíveis, como a fruta e os legumes vera moutinho

Vender bananas soltas, separadas do cacho, parece uma medida simples – e é – mas pode ter um impacto importante num esforço mais geral para combater o desperdício alimentar na grande distribuição. “Sou uma banana solteira, leve-me para casa!” é um apelo ao consumidor no âmbito da campanha Demasiado Bom para Desperdiçar, que pode reduzir em 20% o número de bananas deitadas fora.